Baixe a proposta de associação, preencha e entre em contato 

Objeto

Produção em comum de bens e a prestação de serviços especializados a terceiros, que promovam o desenvolvimento sustentável por meio de:

  1. Consultorias em tecnologia da informação e comunicação,
  2. Desenvolvimento, construção e operação de sistemas tecnológicos inovadores e de gestão de conhecimentos,
  3. Serviços de informação e outros conteúdos por meio de portais, provedores de conteúdo e outras tecnologias da informação e comunicação,
  4. Manutenção e suporte técnico em equipamentos tecnologia da informação e comunicação e outros serviços como reuso ou valorização resíduos tecnológicos.

Objetivos

  1. Dar assistência e ser a mandatária de seus sócios cooperados para o desenvolvimento de suas atividades nas áreas objeto deste Estatuto Social;
  2. Contratar serviços, adquirir matérias primas, maquinas, equipamentos, veículos e outros insumos básicos necessários ao exercício das atividades de seus cooperados em condições convenientes, seja no mercado interno como externo;
  3. Efetuar contratos de venda de seus produtos e equipamentos, inclusive exportação;
  4. Fornecer assistência aos cooperados no que for necessário para a melhor execução de suas atividades;
  5. Providenciar e organizar os serviços de modo a aproveitar a capacidade dos cooperados, sempre os distribuindo conforme suas aptidões e interesses coletivos dos mesmos;
  6. Realizar cursos de capacitação cooperativista e profissional para o seu quadro social;
  7. Buscar mecanismos de produção para comercialização, tendo como matéria prima produtos recicláveis, buscando melhoria de qualidade de vida a seus sócios cooperados.
  8. Criar mecanismos de organização do trabalho de forma a garantir a democracia na gestão da COOPERATIVA e a justiça na distribuição dos resultados do trabalho;
  9. Buscar parceiros e aliados para garantir aos seus cooperados os direitos básicos e essenciais como saúde, educação, lazer e habitação como política extensiva a todos;
  10. Garantir a Cooperação e ajuda mutua como princípio norteador do trabalho, superando a relação patrão-empregado;
  11. Prestar assistência social e educacional através de convênios com entidades públicas ou privadas, para o aprimoramento técnico, profissional, treinamento, formação e qualificação dos seus cooperados e familiares dentro das possibilidades da COOPERATIVA;
  12. Buscar, em benefício dos cooperados, seguro de vida coletivo e de acidentes de trabalho;
  13. Proporcionar, através de convênios com sindicatos, prefeituras e órgãos estaduais ou federais, serviços jurídicos e sociais;
  14. Promover e realizar cursos, palestras, oficinas e eventos voltados para a educação cooperativista, ambiental e implantação de coleta seletiva em condomínios, escolas, empresas e na comunidade, em parceria com órgãos públicos e privados;
  15. Poderá filiar-se ou associar-se a outras Cooperativas para criação de Centrais, federações ou Confederações, possibilitando atos cooperativos e força de organização e negociação;
  16. Garantir aos sócios cooperados os direitos previstos no Art. 7º da Lei 12.690/2012, tais como:
    1. Retiradas não inferiores ao piso da categoria profissional e não inferior ao salário mínimo vigente, sempre calculado de forma proporcional às horas trabalhadas ou volume produzido;
    2. O sistema de trabalho dos sócios cooperados, será em regime de escala, conforme define o item II do Art 7º da Lei 12.690/2012;
    3. Criar mecanismos de remuneração adicional sobre produtividade em atividades insalubres ou perigosas;
    4. Manter seguro de acidentes do trabalho.

Serviços

§ 1º - Não se aplica o disposto nos incisos III e IV do Artigo 7º da Lei 12.690/2012, tendo em vista que as operações entre os sócios e a COOPERATIVA são de forma eventuais.

§ 2º - A COOPERATIVA buscará meios, de forma a não prejudicar sua viabilidade econômica e financeira e garantir a continuidade de suas atividades, bem como deliberações entre os cooperados, sobre formação de fundos financeiros que atendam a tais objetivos.

§ 3º - Entende-se como prestação de serviços pela COOPERATIVA a seus sócios cooperados: a sua atuação no mercado; o oferecimento de infraestrutura; a aquisição de tecnologia; o investimento em marketing; a administração dos contratos; a negociação com clientes; a educação cooperativista; o treinamento para requalificação; atualização profissional e a assessoria para a prestação de serviços remunerados para os quais são qualificados, sempre agindo como mandatária de seus sócios cooperados.

§ 4º - A COOPERATIVA poderá promover, em juízo ou fora dele, a defesa dos interesses jurídicos e econômicos, individuais ou coletivos, e interesses difusos de seus sócios cooperados, desde que relativos à consecução do objeto deste estatuto.

§ 5º - Para a consecução dos objetivos enumerados neste Artigo, a COOPERATIVA pode firmar contratos, acordos, ajustes e convênios com empresas e entidades públicas e/ou privadas, nacionais e internacionais, e orientar a formação de equipes de sócio cooperados a que se atribui cada proposta, projeto ou contrato de trabalho, fornecendo a essas equipes, com os recursos que puder dispor, os meios indispensáveis para que isso possa ser concretizado.

Princípios

I. adesão voluntária e livre;

II. gestão democrática;

III. participação econômica dos membros;

IV. autonomia e independência;

V. educação, formação e informação;

VI. Inter-cooperação;

VII. interesse pela comunidade;

VIII. preservação dos direitos sociais, do valor social do trabalho e da livre iniciativa;

IX. não precarização do trabalho;

X. respeito às decisões de assembleia, observado o disposto na legislação vigente;

XI. participação na gestão em todos os níveis de decisão de acordo com o previsto em lei e no Estatuto Social.